Doenças como a diabetes, hipertensão arterial, problemas cardíacos e pulmonares são alguns dos fatores que apresentam risco de agravamento da Covid-19. Contudo, a comorbidade, ou seja, a existência dessas condições associadas, pode apresentar risco ainda maior.

Por esse motivo, o Ministério da Saúde anunciou que até o final de maio as pessoas portadoras destas condições serão vacinadas contra o Coronavírus. De acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO), as pessoas com comorbidade são o próximo grupo prioritário na fila.

Dessa forma, é fundamental que elas estejam devidamente pré-cadastradas no Sistema de Informação do Plano Nacional de Imunizações (SI-PNI) ou em outra unidade de saúde do SUS (Sistema Único de Saúde).

A Santa Casa de Tietê pede, fique em casa!